• Programa Primeiro Emprego
  • Programa de Estágio
  • Investimentos na região sisaleira
  • Novas sedes da PM e viaturas reforçam segurança no Sudoeste
  • São João da Bahia

OGE

18/05/2017 15:05

Feira de Santana recebe projeto Ouvidoria Ativa nesta quinta-feira (25)

Na próxima quinta-feira (25), o projeto Ouvidoria Ativa chega ao município de Feira de Santana. O atendimento vai acontecer em dois momentos, pela manhã, das 9 às 12h, no Instituto de Educação Gastão Guimarães, localizado na Av. Sampaio, 13, Centro, e será realizado em parceria com a Secretaria Estadual de Educação, através do projeto Ouvidoria Vai à Escola.

No período da tarde, das 14h às 17h, o atendimento será realizado na Igreja Avivamento Bíblico, localizada na rua A, Conjunto Feira X. A ação é promovida pela Ouvidoria Geral do Estado (OGE), em parceria com as ouvidorias especializadas das secretarias e órgãos.

O objetivo do projeto é divulgar a finalidade, funcionamento e canais de acesso da Rede de Ouvidorias da Bahia, orientando como o cidadão pode se comunicar com o Governo do Estado para dar sugestões e fazer reclamações sobre os serviços públicos. Também explica ao cidadão como ele pode entrar em contato pelo site da OGE, redes sociais, 0800 284 0011, WhatsApp (71) 99911.7631, ou ainda na rede de SAC (Serviço de Atendimento ao Consumidor) móvel.

Nos encontros são apresentados os serviços da Rede de Ouvidorias da Bahia, com distribuição de informativos e a orientação de como acessar a Ouvidoria Geral em casos de demandas coletivas e individuais dos cidadãos.

Esse é o quinto atendimento do projeto Ouvidoria Ativa em Salvador. No total, serão 600 encontros em todo o estado até dezembro. A iniciativa faz parte das ações que comemoram os 15 anos da Ouvidoria Geral do Estado celebrados este ano.

Para solicitar o projeto Ouvidoria Ativa no seu bairro faça uma solicitação à Ouvidoria Geral do Estado pelo 0800 284 0011, WhatsApp (71) 99911.7631, redes sociais ou site da OGE. A sua participação é muito importante para o Governo do Estado, ela contribui para a qualidade dos serviços públicos.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.