• Investimentos na região sisaleira
  • Novas sedes da PM e viaturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Banner Recadastramento do Servidor

OGE

13/06/2017 18:06

Município de Macaúbas recebe projetos Ouvidoria Ativa e Cidadão em Ação

O município de Macaúbas, no centro sul do estado, recebeu nos dias 9, 10 e 11 de junho, os projetos da Ouvidoria Geral do Estado (OGE) Ouvidoria Ativa e Cidadão em Ação. Os encontros contaram com a presença do ouvidor geral, José Maria Dutra, e reuniram a população da cidade e das comunidades de Boquira e Ibipitanga.

O Ouvidoria Ativa aconteceu na sexta-feira (9), na Câmara Municipal de Vereadores. O atendimento foi solicitado pela população, através de registros na Ouvidoria Geral. O objetivo foi informar o papel do sistema de ouvidorias da Bahia e como acessá-lo através da Ouvidoria Geral do Estado (OGE) e da Rede de Ouvidorias da Bahia, formada por 288 ouvidorias de secretarias e órgãos estaduais.

Durante o encontro o ouvidor geral do Estado, José Maria Dutra, apresentou os serviços da Rede de Ouvidorias da Bahia, com distribuição de informativos e a orientação de como acessar a Ouvidoria Geral em casos de demandas coletivas e individuais dos cidadãos.

“Este encontro faz parte dos 600 que realizaremos até dezembro com o objetivo de fortalecer a participação social em todo o Estado, informando a população sobre o canal que eles disponibilizam para falar com o Governo Estadual e assim contribuir para a melhoria dos serviços públicos prestado Estado. A população de Macaúbas quer participar mais ativamente e a OGE está aqui para isso”, destacou José Maria.

A iniciativa é da Ouvidoria Geral do Estado (OGE), em parceria com as ouvidorias especializadas das secretarias e órgãos. O projeto faz parte do conjunto de ações que está sendo realizado em todo o Estado em comemoração aos 15 anos da Ouvidoria geral do Estado.

Projeto Cidadão em Ação

Já nos dias 10 (sábado) e 11 (domingo), os moradores das comunidades de Boquira e Ibipitanga participaram do projeto Cidadão em Ação. O encontro consiste em sensibilizar a sociedade sobre a importância da boa convivência em grupo para a qualidade da participação social e política.

A capacitação é destinada aos cidadãos que, de forma voluntária, querem ser multiplicadores do protagonismo social em suas comunidades. É realizada em três etapas, nas quais são desenvolvidos temas como Comunicação Não Violenta CNV, Classes sociais e ideologia dominante e Convivência em grupo, respectivamente.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.