• Investimentos na região sisaleira
  • Novas sedes da PM e viaturas reforçam segurança no Sudoeste
  • Banner Recadastramento do Servidor

OGE

15/08/2017 11:08

BCS de Itinga é referência em projetos sociais e recebe visita da OGE

A Base Comunitária de Segurança (BCS) do bairro de Itinga, em Lauro de Freitas, recebeu nesta segunda-feira (14) a visita do ouvidor geral, José Maria Dutra. A BCS Itinga é referência em projetos sociais, oferecendo à comunidade diversas modalidades esportivas e atividades culturais a crianças, adolescentes e idosos.

O objetivo da visita foi conhecer os projetos desenvolvidos e estabelecer parceria para informar à comunidade como acessar os serviços de ouvidoria do Estado.

“A Base Comunitária de Segurança de Itinga realiza um excelente trabalho de inclusão social através dos esportes, que fortalece a comunidade, melhorando a qualidade vida e aproximando o Estado das pessoas!”, elogiou o ouvidor geral, José Maria Dutra. E acrescentou, “A Ouvidoria Geral também se coloca à disposição da comunidade, informando seus canais de acesso para a melhoria dos serviços públicos pelo Governo do Estado”, disse Dutra.

A BCS de Itinga se destaca pela inclusão de crianças, adolescentes e idosos em diversas modalidades esportivas, como ciclismo, jiu- jitsu, taekwondo, xadrez, escoteiros, e treino funcional, e atividades culturais, como teatro. “Temos esporte para todas as idades e os idosos de Itinga também têm vez na nossa base”, destacou o soldado P de Jesus, que convidou o ouvidor para a visita à BCS.

Segundo Leonardo, que é mestre em Jiu- Jitsu, mais de 300 crianças são atendidas no período oposto ao horário da escola. “Da nossa base já saíram 30 campeões baianos de taekwondo, um vice-campeão brasileiro em muay thai. Alcançamos não só as crianças, mas também as famílias que se aproximaram da BCS”, ressaltou o soldado.

Outra ação importante da BCS de Itinga é o projeto “Vidas em Cena”, que oferece aulas de iniciação teatral a adolescentes de 12 a18 anos. Entre as técnicas aprendidas está cenografia, jogos de improvisação, maquiagem, dança, canto e interpretação. As atividades são desenvolvidas pelo soldado Luide Prins, formado em Teatro pela UFBA. O objetivo é fomentar a cultura no bairro.

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.