OGE

15/05/2018 16:05

Ouvidoria como instrumento de gestão é pauta de reunião entre OGE e Ouvidoria do Corpo de Bombeiros

Membros da Ouvidoria Especializada do Corpo de Bombeiros se reuniram na manhã desta terça-feira (15) com o ouvidor geral, José Maria Dutra. O objetivo foi debater ações que fortaleçam a ouvidoria enquanto instrumento de gestão, ampliando os serviços do órgão com o cidadão.

O encontro contou com as presenças do corregedor chefe Cel. PM José Nilton Nunes Filho, o ouvidor geral do Corpo de Bombeiros, Capitã Maracy, e o aspirante oficial, Castelo Branco. Foi realizado no gabinete da Ouvidoria Geral do Estado (OGE), localizada no Centro Administrativo da Bahia (CAB). Ouvidoria Especializada Corpo de Bombeiros

“Nosso objetivo é trocar experiências para melhorarmos as ações de ouvidoria das instituições públicas, estabelecendo o bom relacionamento com o cidadão, aperfeiçoando a nossa escuta e aprimorando o entrosamento com a direção dos órgãos e o trabalho prestado à sociedade”, destacou o ouvidor geral, José Maria Dutra.

O serviço de ouvidoria do Governo do Estado funciona em rede, sob coordenação técnica da OGE. São 208 ouvidorias especializadas de secretarias, fundações, empresas, autarquias e demais órgãos, interligadas através do Sistema de Ouvidoria e Gestão Pública – software de registro e gerenciamento dos atendimentos.

Participaram também da reunião a coordenadora da Rede de Ouvidorias Especializadas e Projetos (Coep), Sara Regina Oliveira, a assessora jurídica, Lívia Cantu, e a assessora técnica, Juçara Reis, da Ouvidoria Geral do Estado.

Formações da Rede de Ouvidorias

A Ouvidoria Geral do Estado (OGE) realiza periodicamente capacitações com os ouvidores especializados. O objetivo é padronizar o atendimento, otimizar o tempo de resposta e atender melhor ao cidadão.

Os treinamentos consistem na apresentação das principais ferramentas do Sistema de Ouvidoria, através de simulações de registros, além de uma explanação da Lei de Acesso à Informação (12.527/2011), entre outros temas.
Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.