• Casa Nova
  • Prêmio Boas Práticas

OGE

08/02/2019 17:02

Escolas estaduais do Subúrbio e Cidade Baixa recebem palestra CNV

O Ouvidor geral do Estado, José Maria Dutra, encerrou nesta quinta-feira (7) a sua participação na Semana Pedagógica 2019 palestrando sobre Escuta Empática e Comunicação Não violenta (CNV) para gestores escolares dos colégios estaduais Anfrísia Santiago, em Paripe, e Vitor Soares, na Ribeira.

Para o diretor do Colégio Estadual Vitor Soares, Ivan Pedreira, a proposta da palestra casou com o perfil da instituição “Trabalhamos com educação inclusiva e para atendermos aos diversos tipos de deficiência, como por exemplo, síndrome de down, autista e deficientes visuais, é necessário um olhar humano voltado para as necessidades destes alunos. E a proposta da CNV é, justamente, entender os sentimentos destes alunos que são vitimizados até mesmo pela própria família. O caminho da não violência deve ser sempre prioridade”, destacou o diretor. Palestra CNV escolas do Subúrbio e Cidade Baixa

"Todos os nossos professores abraçaram essa causa, e aderiram a CNV. O ambiente que trabalhamos pode ser transformado, de acordo, com a forma que venhamos nos expressar. Podemos transformar não só uma comunidade escolar, e sim o mundo através da conexão humana”, concluiu o professor de língua portuguesa do colégio Anfrísia Teixeira, Josemário.

Modelo de gestão da OGE, a CNV faz parte da Formação Cidadão em Ação, uma proposta do projeto Ouvidoria Ativa que sugere o aprimoramento das relações humanas nos diversos ambientes, sejam eles de trabalho, acadêmico ou comunitário. “A CNV e escuta empática possibilita de forma eficaz as mudanças sociais necessárias através da conexão com o outro, contribuindo para uma sociedade mais tolerante, diminuindo assim a violência. No ambiente de trabalho, a metodologia trabalha as relações, superando conflitos", explicou José Maria Dutra.

 

 

Arquivo anexado:

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.