• Bahia estado voluntário
  • Bahia estado voluntário
  • Banner Racismo
  • Transparencia Covd

OGE

10/02/2021 14:02

Ouvidoria Geral recebe denúncias de agressão e discriminação a pessoas LGBTQIA+

A Ouvidoria Geral do Estado (OGE) em parceria com a Secretaria de Justiça , Direitos Humanos e Justiça Social (SJDHDS),  está recebendo denúncias  relativas à discriminação e agressão a membros da comunidade (LGBTI) + (lésbicas, gays,bissexuais, travestis, transexuais e transgêneros, intersexuais). Na última terça-feira (9), o ouvidor-geral do Estado, Valdenor Cardoso, se reuniu com o  coordenador do Centro de Promoção e Defesa dos Direitos LGBT da Bahia (CPDD-LGBT), Kaio Macedo e a Articuladora das artes, drag queen e colaboradora do Mídia Ninja, Petra Perón.

Na pauta do encontro, foi discutido a inclusão de atendimento diferenciado  através do  0800 284 0011, e do site www.ouvidoriageral.ba.gov.br para o acolhimento  de denúncias, reclamações e solicitações em casos de  violência  e discriminação contra a população LGBTQIA+ .
Para Kaio Macedo , contar com o canais da OGE para este tipo de atendimento é fundamental. “Além do tratamento adequado das denúncias, os dados coletados pela ouvidoria  serão utilizados para subsidiar o planejamento e a priorização de ações de Governo voltadas à população  LGBTQIA+ em diversas áreas", disse.

LGBT

"Sabemos que a Ouvidoria Geral do Estado recebe as manifestações e encaminha para as secretarias e órgãos responsáveis de forma rápida. Isso é importante para  promovermos  ações que eduquem a sociedade e reduzam o cenário de violência", ressalta Petra Perón.

 Para o  ouvidor  geral , Valdenor Cardoso, os canais da ouvidoria  são a  porta de entrada  para criação de novas políticas públicas. "Queremos possibilitar um atendimento eficiente e humanizado, respeitando as necessidades de cada manifestação e potencializar a prestação de serviços públicos", ressaltou.

Recomendar esta notícia via e-mail:

Campos com (*) são obrigatórios.